(61) 3631-0555

IPSC

IPSC - CACCIF

O que é IPSC?

 

O Tiro Prático como esporte se originou no sul da Califórnia no anos 50. Inicialmente, as provas eram uma mistura de desafios que envolviam sacar a arma rapidamente, vencer ou contornar obstáculos de modo a poder visualizar os alvos. Em 1976 foi fundada a IPSC (International Practical Shooting Confederation) por representantes de nove países onde o esporte começava a se popularizar. O Coronel Americano Jeff Cooper (falecido em 2006), que é considerado como o “pai” do esporte, eleito como primeiro presidente da IPSC. Neste evento, conhecido como “Conferência de Columbia”, foi dado início a criação de um corpo administrativo e ao processo de padronização e divulgação das regras.

 

IPSC é um esporte dinâmico e desafiador, que exige que o esportista execute suas habilidades de tiro com velocidade e precisão utilizando armas com potencia ajustadas ao regulamento. Além de o atleta ter que se movimentar muito, a distância e as configurações de cada pista são sempre diferentes.

 

As competições de IPSC são organizadas levando em consideração o Motto da prática: “Diligentia, Vis, Celeritas” (DVC), que significa “Precisão, Potencia e Velocidade”. Nelas, O árbitro (Ranger Officer – RO), sinaliza o início da série e acompanha de perto o atirador a fim de zelar pela segurança e pelo cumprimento das regras. A pontuação da pista é obtida dividindo-se o total de pontos obtidos pelo tempo gasto. Ganha a prova aquele que obtiver o maior número de pontos.

 

Hoje em dia, a International Practical Shooting Confederation (IPSC) organiza e regulamenta as provas de IPSC com a utilização de armas curtas (handgun), longas (shotgun) e rifle, que são promovidas em mais de noventa países, chamados de “Regiões”, da Argentina ao Zimbábue. Todos os anos os Diretores Regionais destas Regiões se reúnem para a Assembleia Geral da IPSC.

 

Divisões e Armas

Open:

A arma não tem limite de modificações . Os calibres normalmente utilizados são o 9×23 ou 38 super.

 

Standard:

a arma pode conter pequenas modificações, mas deve caber dentro de uma caixa com carregador inserido. Os calibres normalmente utilizados são o .40 S&W e o .45 ACP.

 

Production:

a arma deve ser original de fábrica sem alterações e possuir ação dupla para o primeiro disparo. Os calibres mais usados são o 9×19 mm e o 38 Super Auto.

 

Revolver Standard:

a arma é um revólver standard original de fábrica com cilindros de 6 tiros no máximo e cano de até 150mm – calibres normalmente usados: .38 SPL ou .45 ACP

 

Classic:

Recém criada e ainda em fase de teste, é disputada com uma Pistola monofilar 1911, com poucas modificações aceitas.

 

Temos ainda no Brasil, a divisão:

 

Pistola Light:

A arma é uma standard de calibre 380 ACP e segue as mesmas regras da Standard.

 

Categorias:

  • Overall : Categoria geral. 
  • Junior: Categoria até 21 anos. 
  • Sênior: Categoria com mais de 50 anos.
  • Super Sênior: Categoria com mais de 60 anos.
  • Damas: Categoria para as mulheres

 

Divisões e Armas

Open:

A arma não tem limite de modificações e podem usar mira opticas . Os calibres normalmente utilizados são o 9×23 e 38 Super .

 

Standard:

a arma pode ter customizações, mas somente pode usar miras abertas. O seu tamanho é limitado a caber dentro de uma caixa com qualquer carregador inserido que venha a ser utilizado na prova. Os calibres normalmente utilizados são o .40 S&W e o .45 ACP.

 

Production:

A arma deve ser original de fábrica praticamente sem customizações e deve ter ação dupla para o primeiro disparo. Ela deve constar da listar aprovada pela IPSC. O tamanho do cano é limitado a 127mm.  Os calibres mais usados são o .40 S&W,   38 Super e o  9×19 ( por militares e policiais federais no Brasil).

 

Revolver Standard:  

A arma é um revólver e são permitidas modificações. Calibres normalmente usados: .38 SPL , .40S&W e  .45 ACP.

 

Classic:

Recém criada, é disputada com uma Pistola monofilar tipo modelo 1911, com poucas modificações aceitas. Esse modelo de pistola foi o mais utilizado no inicio do IPSC. Calibres normalmente usados:  .40 S&W e .45 ACP.

 

Temos ainda no Brasil, a divisão:

Light:

Armas somente de calibre 380 ACP e seguem as mesmas regras da Standard. Esta divisão só existe no Brasil e o fator da munição deve ser no mínimo 85.

 

Classes:

  • Grand Master: 95% até 100%
  • Master: 85% até 94,99%
  • A: 75% a 84,99%
  • B: 60% ate 74,99%
  • C: até 59,99%
 
SHOTGUN
 

A modalidade de “shotgun” permite apenas a utilização de armas do tipo “espingardas” (armas de alma lisa).

A modalidade de Shotgun no IPSC está dividida em 04 divisões e cada uma delas com 05 classes, sendo permitida apenas a utilização de munições do tipo “cartuchos” nos calibres, 12GA (mais utilizado), 16GA e 20GA.

Nos campeonatos de IPSC são utilizados basicamente os alvos metálicos que podem variar de tamanho que função das regras estabelecidas, edição Janeiro de 2018.

São utilizados também alvos frágeis (aqueles utilizados no Trap- cerâmicos ou chamados de “clay”), que podem ou não ser bonificados, podem também ser lançados pelas máquinas de lançamento do TRAP, dispositivos de lançamento mecânico (que simplesmente arremessa o frágil para cima) e também dispostos em apoios fixos ou as conhecidas “bailarinas”.

Os alvos deverão ser posicionados visando atingir os pré-requisitos do IPSC, promovendo mais emoção aos atiradores, exigindo força, agilidade e raciocínio, tornando sempre cada estágio um desafio prazeroso.

Atualmente nos deparamos com todas as situações acima, sendo incrementado o tiro com 03 tipos diferentes de munição, e consequentemente outros tipos de alvos, situações a exemplo com tiros de balote (slug) a distâncias de 100 metros não é incomum, podem ser nos “classic targets” bastante utilizados no IPSC, ou ainda em alvos metálicos nos tamanhos A3 e A4, pode-se atirar também com balotes em alvos A4 a distâncias menores, colocados inclusive em bailarinas. Alvos IPSC modelos A4 e A3 também podem ser utilizados com a utilização de munição do tipo SG (Buckshoot).

Categorias:

  • Overall : Categoria geral. 
  • Junior: Categoria até 21 anos. 
  • Sênior: Categoria com mais de 50 anos.
  • Super Sênior: Categoria com mais de 60 anos.
  • Damas: Categoria para as mulheres

 

Divisões e Armas:

  • Open:

Armas do tipo semiautomáticas, permite a utilização de carregadores destacáveis durante uma pista de tiro, sendo que a os carregadores destacáveis podem ter no máximo capacidade para até 12 munições, porém só podem conter até 10 munições em cada carregador destacável durante uma pista de tiro, é permitida a utilização de miras óticas e compensadores.

  • Modified:

Armas do tipo semiautomáticas, não é permitida a utilização de carregadores destacáveis, somente a utilização de tubos prolongadores (até 13 munições no tubo prolongador + 1 munição na câmara da arma), o comprimento total da arma (considerada toda sua extensão arma + tubo prolongador) não pode exceder 1320mm ou 1,32 cm, é permitida a utilização de miras óticas, porém é permitido o uso de compensadores. A diferença para Open é que a recarga de munições em pista de tiro só pode ser feita manualmente.

  • Standard:

Armas do tipo semiautomáticas, não é permitida a utilização de carregadores destacáveis, somente a utilização de tubos prolongadores, não tem limite de comprimento total da arma, não é permitida a utilização de miras óticas, não é permitido o uso de compensadores, porém a condição a quantidade máxima de munição permitida em uma pista de tiro são de 08 munições dentro do tubo prolongador + 01 na câmara da arma. A diferença para Open é que a recarga de munições em pista de tiro só pode ser feita manualmente.

  • Standard Manual:

Não é permita o uso de armas semiautomáticas, não é permitida a utilização de carregadores destacáveis, somente a utilização de tubos prolongadores, não tem limite de comprimento total da arma, não é permitida a utilização de miras óticas, não é permitido o uso de compensadores, porém a condição a quantidade máxima de munição permitida em uma pista de tiro são de 08 munições dentro do tubo prolongador + 01 na câmara da arma. A diferença para Open é que a recarga de munições em pista de tiro só pode ser feita manualmente.

 

RIFLE

Na modalidade IPSC – Rifle, os calibres mais utilizados são .223 e .308, podendo também ser utilizado o calibre .38 SPL na divisão manual, as pistas são as mesmas utilizadas no torneio de Handgun, ressalva apenas para os alvos metálicos nestes calibres.

Na modalidade IPSC – Rifle, os calibres mais utilizados são .223 e .308, podendo também ser utilizado o calibre .38 SPL na divisão manual, as pistas são as mesmas utilizadas no torneio de Handgun, ressalva apenas para os alvos metálicos nestes calibre
Na modalidade IPSC – Rifle, os calibres mais utilizados são .223 e .308, podendo também ser utilizado o calibre .38 SPL na divisão manual, as pistas são as mesmas utilizadas no torneio de Handgun, ressalva apenas para os alvos metálicos nestes calib

Categorias

  • Overall : Categoria geral. 
  • Junior: Categoria até 21 anos. 
  • Sênior: Categoria com mais de 50 anos.
  • Super Sênior: Categoria com mais de 60 anos.
  • Damas: Categoria para as mulheres

 

Divisões e Armas:

  • Semi Auto Open (SAO): 

Armas semiautomáticas, sem restrição de quantidade de munições no carregador, permitido o uso de acessórios.

  • Semi Auto Standard (SAS):

Armas semiautomáticas, sem restrição de quantidade de munições no carregados, porem nesta não são permitidos acessórios, somente o grip frontal, mas este não pode ultrapassar a 15,2 cm da metade do cano e compensadores também não podem ser maiores que 3×9 cm.

  • Manual Open (MAO):

Armas manuais, sem restrição de quantidade de munições no carregador, permitido o uso de acessórios.

  • Manual Standard (MAS):

Armas manuais, com limite de 6 munições considerando 5 no carregador, porem nesta não são permitidos acessórios, somente o grip frontal, mas este não pode ultrapassar a 15,2 cm da metade do cano e compensadores também não podem ser maiores que 3×9 cm.

  • Manual Standard 10 (MAS10):

Armas manuais, com limite de 11 munições considerando 10 no carregador, porem nesta não são permitidos acessórios, somente o grip frontal, mas este não pode ultrapassar a 15,2 cm da metade do cano e compensadores também não podem ser maiores que 3×9 cm.

MINI RIFLE

Uma Assembleia Geral realizada na Grécia aprovou essa nova divisão, praticada com o calibre .22 LR, com regulamento próprio e com duas categorias: Standard e Open.

 

Para essas categorias as armas mais utilizadas são Ruger 10/22Smith&Wesson 1522 e Sig Sauer 522, todas com carregadores de capacidade para 30 cartuchos. É permitido também a utilização do rifle CBC 7022 com carregador importado de capacidade para 25 cartuchos.

 

No ano de 2012 a Confederação Brasileira de Tiro Prático (CTBP) criou uma nova categoria chamada S10 que na prática, se encaixa em nossa realidade, legislação e restrições. Nessa categoria os Atiradores participam com mini rifle .22 LR, sendo os mais utilizados o rifle CBC 7022 e Ruger 10/22 com carregadores de capacidade máxima para 10 cartuchos.

 

Mini Rifle

Open

Standard

S10

Calibre permitido

.22 LR

.22 LR

.22 LR

Carregadores descartáveis

Sim

Sim

Sim

Capacidade máxima de tiro

31

31

11

Speed Loaders

Sim

Sim

Não

Modificações

Sem restrições

Restrições

Restrições

Distância máxima dos Speed Loaders do corpo

50mm

50mm

50mm

Compensadores

Sim

Não

Não

Portas

Sim

Não

Não

Miras ópticas e eletrônicas

Sim

Não

Não

Bi pés

Sim

Não

Não

Grip vertical a 15,2cm da metade do centro do cano

Não

Sim

Sim

 

 

 

 

 

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.